Controle da Asma no verão






Apesar de serem mais comuns no inverno, a asma e a rinite também atacam no verão. Nesse período, o calor e a umidade estimulam a proliferação de fungos e bactérias, que provocam alergias respiratórias.

Para completar, as alterações climáticas repentinas, com calor durante o dia e chuvas típicas da estação à noite fazem com que as pessoas fiquem mais propensas a desenvolver essas doenças.

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, caracterizada pela dificuldade de respirar, além de chiado no peito e tosse. A  rinite, por sua vez, é uma inflamação da mucosa nasal que produz sintomas como obstrução nasal, espirros, coriza, perda de olfato e coceira no nariz.

Tanto a asma quanto a rinite ocorrem como reação a determinados fatores que desencadeiam as crises, a exemplo de pólen, fumaça de cigarro, mudanças climáticas, determinadas infecções virais e atividade física. Esses fatores variam de uma pessoa para outra, mas a resposta é semelhante.

Um dos vilões é o uso intensivo do ar-condicionado, que deixa as vias aéreas mais vulneráveis, pois resseca o muco protetor. Caso não seja limpo de forma apropriada, favorece a proliferação de ácaros, fungos, mofo e bactérias que se acumulam nos dutos do aparelho e se proliferam no ar.
  
O sol é um dos grandes aliados para evitar as possíveis crises de asma e rinite ao longo da estação. O ambiente doméstico deve estar bem limpo e arejado. Cobertores, tapetes e roupas pouco utilizadas podem ser expostos ao sol para diminuir a ocorrência de ácaros, que são prejudiciais a saúde respiratória.
  
Apesar de todas essas precauções pode ser que elas não sejam suficientes para evitar as crises, quando é necessário recorrer ao médico a aos tratamentos medicamentosos para controlá-la. 
  
Entre os mais os novos tratamentos, a substância antileucotrieno montelucaste de sódio vem sendo utilizado por seu baixo efeito colateral e boa aderência, pois sua administração é feita por via oral uma vez ao dia. É indicado para o controle da asma e não para resgatar o paciente durante as crises. O medicamento promove a redução da inflamação da via respiratória superior e inferior. Consulte o seu médico sobre a possibilidade de prescrevê-lo.
  
"A asma é uma doença inflamatória crônica dos brônquios, portanto, quanto melhor for o controle do ambiente e quanto maior a adesão ao tratamento preventivo, menor a chance de o paciente sofrer crises, especialmente nesta época do ano.", diz a pediatra e diretora da Associação Brasileira de Asmáticos, Zuleid Mattar.

Controle da Asma no verão Controle da Asma no verão Editado por Dani Souto on 09:49 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.