quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

O que fazer em ataques de Asma






Em geral, os sintomas da asma começam ou são "provocados" por algo que agride os pulmões (ou a pessoa?). Estes agentes são denominados desencadeantes da asma. Existem muitas classes destes desencadeantes, os quais podem ser desde vírus, alergias, até outras partículas do ar.

Devido a esta ampla variedade de causas, pode ser muito difícil deduzir o que, exatamente, tem provocado os Ataques de Asma Brônquica . Inclusive pode-se chegar a pensar que estes ataques não acontecem sem que alguma coisa os provoque.

Embora não ocorra com a maioria dos casos, uma vez que se descobre o que provoca a asma, algo poderá ser feito para prevenir futuros ataques. Em outras palavras isto pode permitir exercer algum controle nas crises. Há casos onde, por exemplo, os exercícios físicos desencadeiam crises de asma. Nesses casos recomenda-se, não que o asmático deixe tais exercícios, mas que tome medicamentos antiasmáticos antes deles. O mesmo podemos recomendar em relação ao frio, aos frutos do mar, às penas, etc, quando estão relacionados à crises de asma.

Até hoje não se sabe ao certo como (ou porque) uma pessoa adquire a asma. Sabe-se, entretanto, que uma vez que se a tem, os pulmões podem reagir a estímulos que podem desencadear os Ataque de Asma Brônquica . No asmático, por exemplo, uma simples secreção gripal, de resfriado ou de infecção poderá provocar uma crise asmática.

Durante a Crise de Asma Brônquica , três alterações podem ocorrer nos pulmões:

1 - As células das vias respiratórias secretam mais muco que o normal. Este muco é muito espesso e tende a obstruir as vias aéreas.
2 - O neuropeptídeo chamado Substância P, é liberado por terminações nervosas na mucosa brônquica.
3 - As vias respiratórias tendem a inflamar-se, da mesma maneira que a pele se inflama quando faz um ferimento.
4 - Os receptores beta-adrenérgicos da mucosa brônquica seriam estimulados de forma anômala.
5 - Os músculos das vias respiratórias se contraem, principalmente os esfíncteres dos brônquios.

Estas alterações acabam por causar o estreitamento das vias respiratórias, o qual dificulta a respiração e produz a falta de ar. O Ataque de Asma Brônquica pode começar de repente, ou pode ser paulatina, levando dias para desenvolver-se totalmente. Esses ataques podem ser graves, moderados ou leves.

Ataques Graves

Nesses casos a falta de ar é forte o suficiente para causar dificuldade ao paciente para falar. Os músculos do pescoço podem estar muito tensos devido ao esforço para respirar. Tanto os lábios como as mãos podem apresentar uma coloração mais azulada (cianose) por falta de oxigênio.
Em caso de um ataque de asma grave é necessário ajuda médica de urgência. Os casos de óbito por asma acontecem, na maioria das vezes, porque não se buscou ajuda médica em tempo hábil.

Ataques moderados e leves

Estes ataques são os mais comuns. Pode começar com tosse ou com expectoração de catarro. Normalmente o paciente fica inquieto ou tem problemas de insônia. Da mesma forma que para os casos graves, medicamentos anti-asmáticos devem ser usados. Não se recomendam medicamentos para a tosse durante essas Crises de Asma Brônquica.

Em qualquer tipo de ataque de asma podem estar indicados os medicamentos chamados broncodilatadores, os quais ajudam a interromper os ataques de asma depois de começados.

Os broncodilatadores aliviam o paciente durante um ataque de asma. Sua função é relaxar os músculos das vias respiratórias facilitando a respiração. Os antiinflamatórios, por sua vez, proporcionam as vias respiratórias desinflamadas e com menor quantidade de muco. Outro grupo de medicamentos usados para a asma são os corticóides.

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu achei muito interessante! Estou interessada em tudo sobre asma, pois após 33 anos que não havia tido crises de asma, vir a ter agora após ter pneumonia. Estou fazendo tratamento e quanto mais eu souber sobre as crises de asma pra mim será bem melhor. Obrigada, foi muito proveitoso!!

Anônimo disse...

Eu tenho asma deis de pequena tenho hj 32 anos e me da crises feia minha asma e continua nao consigo nem andar que ja me ataca uso a bombinha mais tem vezes que nem ela me resolve queria um metodo mais eficaz e rapido pra passar isso

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...