Asma e natação





Um estudo da Universidade Médica de Taipei, em Taiwan, confirma o que muitos médicos já acreditavam e indicavam para seus pacientes: a natação pode ser uma abordagem não-farmacológica eficaz para crianças e adolescentes com asma.
De acordo com os autores da pesquisa, além de não provocar ataques de asma, como ocorre com outros esportes, a natação “promove um desenvolvimento físico e psicológico normal, incluindo o aumento do volume dos pulmões e o desenvolvimento de boas técnicas de respiração”.

Os pesquisadores dividiram crianças com idades entre sete e 12 anos em dois grupos – um participou de um programa de natação por seis semanas, além do tratamento regular da asma, e o outro fez apenas o tratamento convencional. Todas as crianças apresentaram melhora significativa em vários aspectos, como sintomas gerais, número de visitas ao médico, ronco, respiração pela boca e autoconfiança. Porém, aqueles que fizeram natação tiveram melhores resultados e benefícios adicionais no condicionamento físico.

“A natação é não apenas uma excelente forma de exercício para as crianças com asma. Seus benefícios para a saúde continuaram a ser observados por pelo menos um ano após a conclusão do programa de natação”, destacaram os autores. Por isso, eles recomendam que os médicos considerem a natação como uma abordagem complementar ao tratamento convencional da asma.
Asma e natação Asma e natação Editado por Dani Souto on 04:19 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.