Veja como se prevenir dos sintomas da asma no verão






Getty Images

As mudanças bruscas de temperatura e o uso prolongado do ar-condicionado são grandes inimigos dos asmáticos no verão. Isso tudo aliado ao contato com poeira doméstica, cloro, mofo e pelos de animais podem piorar e muito a vida de quem sofre com a doença inflamatória nesta época do ano.

Isso porque, segundo o pneumologista pediátrico e professor adjunto da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Bernardo Kiertsman, a variação climática é responsável pelo revezamento entre o ar frio e quente, que gera o estreitamento dos brônquios dificultando a entrada e saída de ar dos pulmões.

A reação do organismo, nestes casos, traz à tona sintomas como tosse, falta de ar, chiado e aperto no peito. Em situações de muito calor, o funcionamento do aparelho respiratório muda e fica desidratado por causa da baixa umidade do ar.

- Essa condição climática predominante nos meses mais quentes do ano torna, inclusive, as atividades físicas mais desgastantes, levando também ao ressecamento das vias aéreas, da pele, deixando o indivíduo mais sensível à poluição, destaca. 

A asma é uma doença inflamatória crônica, sem cura e caracterizada pelo estreitamento generalizado dos brônquios, cuja intensidade varia de pessoa para pessoa. Ela pode ser desencadeada por fatores alérgicos, irritantes, infecções por vírus e até fatores emocionais. É mais comum em crianças e adolescentes, mas também acomete adultos.

Dados de 2008 do Ministério da Saúde revelam que o número de hospitalizações causadas pela asma nos meses de verão (dezembro, janeiro e fevereiro) corresponde a 18,5% do total de 205.386 internações no país.

Para evitar as crises de asma, Kiertsman recomenda uma maior ingestão de líquidos e a realização de exercícios fora dos horários de pico do sol (das 10h às 17h, considerando o horário de verão).


Tratamento

O tratamento da asma geralmente segue três diretrizes: controle da doença, higiene do ambiente e tratamento farmacológico de manutenção e tratamento da crise. Entre os medicamentos mais indicados estão os broncodilatadores de ação imediata.

Recomendados para o tratamento da crise aguda de asma, eles podem ser utilizados na forma inalatória sob a forma de spray ("bombinhas") ou via nebulização. Em casos mais severos, é necessária a utilização de antiinflamatórios por via oral ou endovenosa, por um curto período.

- Atualmente temos dado preferência aos sprays pela sua praticidade, duração menor da aplicação, menores doses e, consequentemente, menor custo, para obtermos o mesmo efeito clínico necessário, explica o pneumologista.

Usar umidificadores de ar, realizar a manutenção correta do ar-condicionado, limpar a casa com pano úmido sem levantar poeira com espanador ou vassoura, evitar odores fortes e o contato com animais de sangue quente, plantas e fumaça de cigarro são essenciais para a saúde do asmático, explica Kiertsman.


Veja como se prevenir dos sintomas da asma no verão Veja como se prevenir dos sintomas da asma no verão Editado por saude.chakalat.net on 09:51 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.