Mecanismos fisiopatológicos da Asma






A asma brônquica é uma doença inflamatória crônica das vias respiratórias, que se expressa pela redução ou obstrução no fluxo do ar respirado, devido ao edema da mucosa dos brônquios, à hiperprodução de muco nas vias aéreas e à contração da musculatura lisa dessa região. Além disso, pode ocorrer a presença de células inflamatórias nas vias aéreas, exsudação de plasma, hipertrofia muscular, rolhas de muco e descamação do epitélio. O estreitamento das vias aéreas geralmente é reversível, de forma espontânea ou através de medicações, mas pode também tornar-se irreversível, em pacientes com asma crônica.

O prognóstico dos asmáticos é bom, especialmente para as crianças. Após uma década, cerca de 54% delas não terão mais esse diagnóstico. Nos asmáticos crônicos ocorre, com frequência, uma dilatação dos alvéolos que acaba por levar ao enfisema pulmonar. Em casos raros a asma pode levar à morte.

Conheça mais sobre os Mecanismos fisiopatológicos da asma

Mecanismos fisiopatológicos da Asma Mecanismos fisiopatológicos da Asma Editado por Sua Saude on 05:28 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.