Paracetamol pode causar asma em bebês, diz estudo





 
 

O periódico científico "International Journal of Epidemiology", publicou, nesta quarta-feira, 10, resultados de um estudo em que pesquisadores europeus encontraram evidências de que o uso de paracetamol durante a gravidez pode causar asma.
 
Por ser o analgésico utilizado comumente entre gestantes e crianças, descobrir os potenciais efeitos adversos do paracetamol é questão de saúde pública, assinalou Maria Magnus, coautora da Divisão de Saúde Mental e Física do Instituto Norueguês de Saúde Pública, em Oslo, Noruega.
 
Segundo a pesquisa, 5,7% das crianças de três anos tinham asma e 5,1% aos sete anos. Os estudos encontraram uma ligação significativa em crianças de três anos com asma expostas ao remédio durante a gravidez.  Entretanto, os pesquisadores ressaltam que os resultados não impedem, instantaneamente, mudanças nas recomendações acerca do uso de paracetamol entre as mulheres grávidas.
 
A pesquisa científica das Universidades de Oslo e de Bristol, na Inglaterra analisou dados do Estudo Norueguês Cohort da Mãe e da Criança e compararam as relações entre o desenvolvimento de asma e o período de gestação de 114.500 crianças com e sem o uso de paracetamol.
 
Os pesquisadores analisaram a ocorrência da asma entre os três aos sete anos de idade, levando em consideração o uso do remédio durante a gravidez devido a sintomas como dor, febre e gripe.
Paracetamol pode causar asma em bebês, diz estudo Paracetamol pode causar asma em bebês, diz estudo Editado por saude.chakalat.net on 04:02 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.