Evite os gatilhos da Asma





http://4.bp.blogspot.com/-sGekkBhuDIM/U7NccfIMXbI/AAAAAAAAD8o/8mw-lKYbVT0/s1600/ataque-asma.jpg

Na maioria dos pacientes a crise de asma é causada por uma infecção respiratória causada por um vírus. Outras causas da crise de asma são a exposição a alérgenos - como poeira, mofo, cheiros fortes e medicamentos. É muito importante evitar crises, uma vez que, se forem frequentes, elas levam à perda de capacidade pulmonar",

Uma dica clássica para não se entrar em crise é ficar longe dos gatilhos. Vamos relembrar os principais? Ácaros e fungos, animais com pelos, pólen, fumaça de cigarro, infecções virais de forma geral, exercícios físicos sem preparo, emoções fortes/estresse, produtos químicos com cheiro forte, ar condicionado, ambientes secos, entre outros. Como podemos ver, são muitos os gatilhos da asma e eles estão muito presentes no nosso dia a dia. Por isso, fique atento e tome os devidos cuidados para que esses gatilhos não se tornem causadores comuns da sua asma.

Vamos explicar um pouco mais esses gatilhos:

Aposte na higiene

Limpeza - foto: Getty Images

Mofo, pelos de animais, insetos, ácaros e poeira domiciliar devem ser cuidadosamente eliminados. É importantíssimo que a roupa de cama seja lavada semanalmente e secada ao sol. Também é recomendado o uso de fronhas e capas de colchão antiácaros, que diminuem a possibilidade de crises. Podem ser usadas até produtos de limpeza que matam os ácaros, mas nunca na presença do asmático. O carpete seja substituído por outros tipos de piso, que tapetes sejam retirados do quarto e que umidificadores sejam banidos, já que a umidade favorece o aparecimento de alguns alérgenos.  

Evite cheiros fortes

Velas - foto: Getty Images

Velas, sprays aromatizadores e essências. Esses produtos podem até deixar sua casa perfumada, mas são um perigo para quem tem asma. Cheiros fortes e fumaça irritam as vias aéreas e podem desencadear crises de asma. Se você é ou tem algum familiar asmático, elimine todos esses produtos ou, pelo menos, opte por versões que não possuem aroma.  

Invista na vacina da gripe

Vacina - foto: Getty Images

Os vírus causadores de infecções respiratórias - entre os quais está o vírus da gripe - também inflamam as vias aéreas e podem causar crises de asma. Por isso, tomar a vacina da gripe pode ajudar a controlar a doença. Além disso, lembre-se sempre de lavar as mãos ou higienizá-las com álcool em gel, o que ajuda a prevenir-se contra o vírus.  

Entre em forma

Balança - foto: Getty Images Existem algumas evidências de pessoas asmáticas que eram obesas, mas que após a eliminação de peso conseguiram controlar melhor a asma. Não se sabe exatamente como se dá essa associação, mas, segundo pesquisadores da Universidade de Harvard, em estudo publicado no Journal of Allergy and Clinical Immunology, os pulmões de indivíduos com obesidade não se expandem como deveriam, o que predispõe o estreitamento dos brônquios. Eles argumentam ainda que a inflamação do tecido adiposo pode afetar a musculatura das vias aéreas, aumentando a resposta inflamatória e estreitando os canais da via aérea, o que levará a uma crise asmática. Outro ponto é que os hormônios liberados pela gordura - como a leptina e a adiponectina - podem agir na árvore brônquica causando os mesmos efeitos.

Falando em exercícios físicos, é importante saber que a prática de esportes regular: natação, hidroginástica, caminhada, tênis, golfe, entre outros, é recomendada para ajudar a combater a doença com o objetivo de reduzir a sintomatologia e melhorar a qualidade de vida.

Outra boa dica é o RPG (Reeducação Postural Global). Pacientes com problemas respiratórios como asma e rinite alérgica respiram de maneira incorreta.4 A técnica de fisioterapia analisa o corpo do asmático como um todo, a partir daí, por meio de exercícios como alongamento, o asmático ganha força e elasticidade na sua musculatura, além de conseguir corrigir o desequilíbrio muscular, auxiliando a respiração.5


Evite os gatilhos da Asma Evite os gatilhos da Asma Editado por saude.chakalat.net on 12:55 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.